terça-feira, 17 de novembro de 2015

Por que unicórnios

Eu tenho algo carinhosamente apelidado como the suicide disease há treze anos (13 anos de diagnóstico). Não tem cura, nenhum das dezenas de médicos diz que a cirurgia é uma opção no meu caso específico, então eu tenho que conviver com o que é considerada a pior dor conhecida pela humanidade pelo resto da minha vida (a menos que haja mais pesquisa e surja uma opção, que sabemos que essas coisas levam tempo). E assim tem funcionado - mais médicos, mais remédios.

Eu perdi três das pessoas que mais amo, que me criaram, sem aviso, sendo duas este ano com um intervalo menor que três meses.


E unicórnios são felizes, unicórnios são mágicos, unicórnios são amigos.
E são uma ótima companhia pra curtir as músicas da Stevie Nicks.

*2016, chega logo, por favor!*

Nenhum comentário: