sábado, 10 de janeiro de 2015

Nova parceria - escritora Li Mendi!

A nova parceira do blog Quarto 217 é a autora Li Mendi! Eu não poderia estar mais feliz!


Há algum tempo, ganhei no sorteio do blog Relíquias o livro A Verdadeira Bela, e mal sabia eu que já começaria 2015 com esta incrível parceria!

A autora tem 29 anos (minha idade!), é jornalista e publicitária formada pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, geminiana e mora no Rio de Janeiro.

Escreve desde 2006 e já tem milhares de membros em seu fã-clube! Achei uma doce gentileza e grande consideração com os leitores ela disponibilizar várias de suas obras gratuitamente aqui, no Wattpad e no Widbook. Não deixem de conferir - eu, certamente, não deixarei de colocar minhas impressões de cada um deles no blog! E não deixem de conferir todos os links dela abaixo:


Saiba Mais - Lojinha - Facebook - Fan Page - Twitter - Instagram - Fã-Clube - Wattpad - Widbook - Skoob - Pinterest - Google+ 

Terça-feira publicarei minhas impressões de sua obra A Verdadeira Bela e, em breve, mais novidades! Espero que estejam tão empolgados quanto eu!

“Eu tenho orgulho de ser uma escritora brasileira. Os leitores quando me enviam e-mails e mensagens pelo Facebook, frequentemente, manifestam surpresa por meus livros não serem uma tradução e terem um estilo moderno, engraçado e emocionante. Isso nos leva a refletir sobre o quanto eles estão precisando de estórias com a cor local. Vemos nas bancadas de lançamentos muitas traduções do que deu certo lá fora. E, na prateleira infinita e virtual da internet é que os pequenos autores conseguem seu espaço. Sei que o índice de leitura no Brasil é baixíssimo, que o poder aquisitivo para comprar livros e o preço destes também são uma barreira, mas, eu faço a minha parte e conto com o apoio da Editora Highlands para lançar minhas obras. Gostaria de viver do orçamento dos livros e me dedicar a isso, porém, enquanto não é possível, eu aproveito as noites e horas vagas. Faço a minha parte e divido o meu amor pelas letras com quem me segue. Tenho um carinho enorme, respondo os e-mails e mensagens na medida do possível e procuro atendê-los. Quem compra diretamente da Highlands leva meu livro com dedicatória especial e personalizada! Por enquanto está sendo possível dar conta da demanda. (rs). Agora, quero conhecer e me aventurar mais no Wattpad. Vamos ver aonde essa aventura vai levar?”




:)

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Desafio Literário I DARE YOU - 2015


O I Dare You (tradução: Eu Te Desafio) é um desafio literário que tem como objetivo incentivar a leitura de diferentes gêneros, fazendo com que o leitor expanda o seu conhecimento literário, aumente a sua lista de livros lidos, ou até leia aquele livro que está parado na estante por muito tempo.
Baseado no Desafio Literário, que teve fim em 2013, nosso objetivo é trazer de volta aquela época onde cada mês nós tínhamos um compromisso a cumprir. Uma leitura a ser realizada. Com isso, depois de muito planejar, formamos o I Dare You, o melhor desafio literário de 2015!
Clique aqui para mais informações.

Temas:

Janeiro: Férias;
Fevereiro: Comédia;
Março: Chick Lit;
Abril: Young Adult;
Maio: Romance Histórico;
Junho: Romance;
Julho: Protagonista Masculino;
Agosto: Temas Polêmicos;
Setembro: Romance Policial;
Outubro: Terror;
Novembro: Livros Musicais;
Dezembro: Livro do Gênero Favorito.

Optei por escolher todos entre os livros parados em minha biblioteca. Para ser sincera, muitos já comecei assim que os comprei, mas por um motivo ou outro, abandonei-os. Também inclui duas séries ao invés de um livro apenas de cada pois: 1. Eu parei em algum ponto da série há um tempo e acredito que precise reler um pouco os capítulos anteriores (e li outra tradução, não sei se quero recomeçar desde o primeiro com esta); 2. Estou tão ansiosa para começar a série que talvez eu leia antes do mês estipulado.

*eu sei que os livros Maze Runner estão fora de ordem!*

:)

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Kindle: primeiras impressões


Um dos presentes de Natal que ganhei de meus pais foi um Kindle, chamado Raquel. Durante anos eu briguei internamente com a vontade de ter um e-reader e a decisão de absolutamente não ter.

Quando eu vi pela primeira vez o primeiro Kindle na Amazon.com, eu quis desesperadamente. Parecia que minhas preces de leitora com frequentes dor nas costas e estouradora de bolsas por carregar livros pesados para todos os lados tinham sido atendidas.

Entretanto, parte de mim abominava a ideia de deixar de lado os livros físicos.

Durante todos estes anos eu entrava em livrarias e testava o Kindle, depois o Kobo, mais recentemente o Lev e até o iPad surgiu em minha mente como opção. E sempre era não, não, não e não. Deixava-os de lado e corria para o paraíso dos livros impressos.

Nada havia mexido comigo - preço, funcionalidade, tamanho, etc.

Eis que, em uma tarde com tempo livre em uma loja, encontro um representante do Kindle sozinho e com aparentemente muito tempo livre também. E ele chama um vendedor da livraria apaixonado por seu - já segundo - Kindle.
Enquanto conversávamos - coitados de meu marido e minha cunhada que ficaram esperando! -, deixaram em minhas mãos um Kindle Paperwhite. Mexi em todas as funções possíveis e imagináveis, e até li algumas páginas do livro aberto no aparelho.
Saí de lá decidida - preciso de um desses pra mim.

Meu marido iria me surpreender em meu aniversário, mas meu pai saiu na frente! ;)

O que eu posso dizer é que nunca foi minha intenção substituir os livros físicos, muito menos me desfazer dos que tenho. Assim como não consigo me imaginar sem escrever à mão, não dá pra viver sem livros (o cheiro, o peso, a textura... tudo é importante!). Inclusive ganhei livros em dezembro! *yay!*

Porém, já posso afirmar que tem quebrado um galho enorme. Nestas últimas semanas passamos por várias cidades (só nós e minha cunhada moramos aqui na cidade, o restante de nossas famílias moram em outros lugares) por causa das Festas, e já consegui ler diversos livros nele.

Pude ler com a luz apagada sem atrapalhar ninguém, e viajar de um lado para outro sem peso extra de livros na mala! Até li um pouco em shoppings durante as compras loucas de Natal!

Raquel é um Kindle Paperwhite com Wi-Fi - não senti a necessidade de 3G -, com uma capa de couro oficial cor-de-rosa, e já tem quase 240 livros, incluindo os que a Josy Stoque me presenteou pela parceria! Ela é rápida, não é temperamental e está sempre comigo.

Mais informações e o motivo de seu nome contarei nos próximos posts!

:)