terça-feira, 29 de dezembro de 2015

REVELADAS: capa e sinopse de EU NUNCA, de Josy Stoque {Parceria} e Mila Wander


FanPage - Skoob - Josy Stoque - Mila Wander

A parceira do Quarto 217, Josy Stoque, juntamente com Mila Wander, divulgaram a capa e a sinopse de seu novo projeto, "Eu Nunca". Ainda em andamento, deve ser concluído e disponibilizado para compra na Amazon ao final de janeiro de 2016. Promete ser um romance erótico com uma pitada de comédia, para "arrebatar os corações dos leitores".

Ansiosos?! Eu definitivamente estou!

SINOPSE:

 "O que você faria se dividisse um prêmio de trezentos milhões de reais com um desconhecido?”Pauline de Freitas Dias, uma mulher bem resolvida que ama viver a liberdade plena, sabe exatamente o que fazer! Ela já tinha em mente o itinerário da viagem mais incrível de sua vida antes mesmo de fazer a aposta. Sua empolgação ao falar dos destinos mais inusitados da lista contagia o tímido Joseph Ayres, com quem literalmente esbarra na fila da lotérica. Ele é convencido a jogar pela tagarelice sem fim da doidinha, mesmo que relute devido aos seus princípios rígidos. O destino faz com que marquem os mesmos números e ganhem uma bolada inédita! Animada com a sorte dupla, Pauline convida Joseph para acompanhá-la em uma aventura pelos lugares mais exóticos do país. De cara, percebem o quanto são diferentes: ela é uma paulistana completamente liberal e ele é um mineirinho virgem que acabou de ser enxotado pela noiva. Disposta a fazer Joseph se permitir de verdade, Pauline estipula três regrinhas antes de iniciarem a viagem: 1) nada de usar o celular, 2) experimentar tudo o que puderem e 3) não se apaixonar. Ambos têm muito dinheiro para gastar e nada a perder, mas não podem prever que essa experiência única se tornará a mais louca de suas vidas, principalmente quando começam a quebrar as regras, uma por uma.


:)

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Desafio das 250 Músicas #10

Eu encontrei este desafio musical no blog Starships and Queens, da Ana L. Alves, que por sua vez pegou no Champagne Supernova. Pelo que eu vi, cada pessoa está com um método diferente para responder as 250 perguntas (lista completa aqui), e eu farei da seguinte maneira - cinco questões respondidas por semana, em um único post. A Garota no Hall também já fez este desafio! Confira aqui.

Créditos da imagem: ballet, by simphonyx

46 - Uma música que te lembra alguém que você já amou - Nunca deixei de amar ninguém. Então mudei um pouco o significado. Como este ano perdi duas das pessoas mais importantes da minha vida, que sempre irei amar, resolvi dedicar a elas: Landslide, de Stevie Nicks:


47 - Uma música que te lembra alguém que você ama: Meu irmão, eu e minhas duas primas, do meu lado materno, fomos criados como quatro irmãos e temos um vínculo indestrutível. Quando Li, a caçula de nós, chegou à idade de ir para a universidade e mudar de cidade, esta música não saía de minha cabeça. Cada vez que a ouço lembro de momentos especiais com cada um dos três, assim como lembro da vida inteira da Li. Minha irmãzinha, minha boba favorita, esta é especialmente pra você: Never Grow Up, de Taylor Swift:

*vídeo não-oficial, encontrado no YouTube*

48 - Uma outra versão de uma música que você considera melhor que a versão original: Baby One More Time, de Travis:


49 - Uma música que tenha um sintetizador e você goste: Personal Jesus, de Depeche Mode:


50 - Uma música com onomatopéias: It's Oh So Quiet, de Betty Hutton:


:)

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Li: A Bela Perdida e a Fera Devassa, de Josy Stoque


SkoobJosy Stoque no Skoob - Josy Stoque - Lojinha da autora - Comprar eBook


ISBN: B016ZFR6O6
Ano: 2015 / Páginas: 62

"Valentina é mãe, divorciada e precisa voltar ao trabalho para sustentar a casa. No escritório de advocacia, o promotor William se mostra um homem tentador, trocando sorrisos safados e olhares devoradores que a deixam perdida, sem saber como retribuir. Para complicar a situação, o chefe a envia para um congresso fora da cidade e no hotel descobre que ele está hospedado no quarto ao lado, para participar do mesmo evento. Val precisa das dicas de sua experiente amiga Sara Mello para reaprender a paquerar depois de quinze anos indisponível. As coisas estão um pouco diferentes agora, mas ela vai perceber que é muito mais divertido ser solteira depois dos trinta, ainda mais quando o cara é uma fera em sedução."


*não recomendo para menores de 18 anos*
*use sempre camisinha!*

Embora a Josy seja uma autora parceira do blog, esta leitura não foi feita por causa da parceria. Estava eu, em minha cama, esperando os remédios fazerem efeito, quando senti falta de sua escrita.

Pois uma coisa posso afirmar: Josy Stoque escreve bem.

E diverte!

Depois de tantos acontecimentos em minha vida neste ano, e da ausência aqui, não sabia o quê esperar. Além de me surpreender com o enredo em si, mal pude acreditar na presença de uma de minhas personagens favoritas, Sara Mello!!!

Voltar a ler algo da Josy foi como rever um velho amigo. Adoro sua escrita sexy, divertida e despretensiosa. Adoro suas personagens reais, que possuem tanto grande auto-confiança em alguns pontos quanto insegurança em outros. Ninguém é perfeito, assim como na vida, mas todos valem a pena conhecer.

Adorei o casal Valentina e William, e tenho certeza de que vocês irão se divertir com os dois. É um conto engraçado e erótico que, embora curto, mostra os problemas e dilemas do cotidiano.

E, gosto tanto da maneira como a Sara se porta que, mesmo sendo tarde da noite tirei foto de algumas de suas frases ó-ti-mas e enviei para algumas amigas! ;)

Para quem leu a trilogia Puro Êxtase: vocês pediriam conselhos sobre o sexo oposto para Sara?

:)

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Por que unicórnios

Eu tenho algo carinhosamente apelidado como the suicide disease há treze anos (13 anos de diagnóstico). Não tem cura, nenhum das dezenas de médicos diz que a cirurgia é uma opção no meu caso específico, então eu tenho que conviver com o que é considerada a pior dor conhecida pela humanidade pelo resto da minha vida (a menos que haja mais pesquisa e surja uma opção, que sabemos que essas coisas levam tempo). E assim tem funcionado - mais médicos, mais remédios.

Eu perdi três das pessoas que mais amo, que me criaram, sem aviso, sendo duas este ano com um intervalo menor que três meses.


E unicórnios são felizes, unicórnios são mágicos, unicórnios são amigos.
E são uma ótima companhia pra curtir as músicas da Stevie Nicks.

*2016, chega logo, por favor!*

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Autora Josy Stoque concorre ao Prêmio Identidade Literária 2015 {Parceria}

Dia 24 de outubro a partir das 13 horas na Livraria Cultura Cine Vitória ocorre o 3º Identidade Literária. Além de sua presença, autora Josy Stoque estará concorrendo às duas premiações - prêmio de autor 2015 e prêmio de obra 2015, com o livro Puro Êxtase.  

"O Identidade Literária surgiu do sonho de pessoas com uma necessidade pungente de fazer um algo mais pela literatura nacional, mas que não fosse apenas um evento de apresentação de autores. A nova safra de talentos literários cresce a cada dia e exige um olhar carinhoso e empreendedor. Nesse sentido, esse grupo tende a ser cíclico, trazendo novos e os já renomados talentos nacionais. Fomentando sempre a cultura pelos vários cantos do Brasil, e  premiando os autores integrantes de cada edição."

Se você perdeu a chance de prestigiá-la na Bienal esta é a sua chance! Também é uma excelente oportunidade de conhecer e homenagear nossos autores nacionais!


Saiba mais sobre a autora:
"Íntima das letras desde a infância, Josy Stoque tem formação em Publicidade e Propaganda e já atuou na área como redatora, roteirista, jornalista e assessora. Iniciou sua carreira de escritora em 2010, ao criar a saga sobrenatural Os Qu4tro Elementos, obra autopublicada e o primeiro sucesso da autora, levando-a a indicação do Prêmio Literário Anual Codex de Ouro 2013 e a tradução do primeiro volume para o inglês pela AmazonCrossing, em 2014. A escritora não parou por aí, publicou o new adult Insensatez, escrito com Gisele Galindo, e o conto de fadas Estrela – Em Busca do Amor Eterno em 2013, a trilogia erótica Puro Êxtase completa no ano seguinte, seu segundo sucesso de vendas, e o romance erótico policial Não Espere pelo Amanhã em 2015, livro que conquistou mais de 55 mil leituras no Wattpad, é bestseller na Amazon e ganhou casa editoral: Qualis (selo Divas)."
Site: www.josystoque.com


:)

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

A Jornada dos Livros

Cada vez que vou visitar meus pais acabo trazendo mais um pouco de meus livros. Embora já tenha duas estantes cheias aqui, ainda há vários alguns lá (e no apartamento de minha cunhada!).

Da última vez eu trouxe:


  1. The Count of Monte Cristo, Alexandre Dumas;
  2. Entre Assassinatos, Aravind Adiga;
  3. Frankenstein, Mary Shelley;
  4. Odisseia, Homero;
  5. Odisseia, Homero;
  6. O Retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde;
  7. Os Cus de Judas, António Lobo Antunes;
  8. Madame Bovary, Gustave Flaubert;
  9. Os Sofrimentos do Jovem Werther, J.W. Goethe;
  10. O Assassinato e Outras Histórias, Anton Tchekhov;
  11. No Caminho de Swann, Marcel Proust;
  12. As Intermitências da Morte, José Saramago;
  13. O Primo Basílio, Eça de Queirós;
  14. Grandes Esperanças, Charles Dickens;
  15. O Falecido Mattia Pascal, Luigi Pirandello;
  16. Os Malavoglia, Giovanni Verga;
  17. Cyrano de Bergerac, Edmond Rostand.
  18. O Homem que queria ser Rei e Outras Histórias, Rudyard Kipling.


Sim, eu tenho duas edições de Odisseia (pra ser sincera, acho que tem mais uma lá ainda). Este Frankenstein é em inglês e O Retrato de Dorian Gray é bilíngue.

Então foram dezoito livros que estavam fazendo falta. Adoro reler, namorá-los e sim, cheirá-los!

:)

domingo, 4 de outubro de 2015

A vida, o universo e tudo mais.

Ano passado eu disse que foi o meu pior ano de dor - neuralgia do trigêmeo -, e eu nunca imaginaria que 2015 seria ainda pior.

E ter perdido, em menos de três meses, duas das pessoas mais importantes de minha vida, além de ser um choque, me deixou sem chão.

Como você supero o baque de perder duas pessoas que foram essenciais para minha criação e formação de caráter? Duas das pessoas que mais amo?

Então o que eu tinha dito para algumas pessoas, de que este meu ano seria totalmente dedicado ao blog, me pareceu sem sentido.

Assim como escrever, no geral. Olhar para a folha ou tela em branco por um tempo considerável até perceber que não conseguiria escrever nada virou minha rotina.

Ou tentar escrever algo para homenagear estas duas pessoas magníficas. Nada será bom o suficiente, especialmente agora que me sinto quebrada, machucada, sem chão.

Ah, e a insônia... e a dor... meu corpo adora pregar peças. Ou é apenas mais uma prova de que o físico, emocional, etc., esteja interligado. Meu coração foi partido e todo o meu corpo acompanhou.

Enfim... 

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Lançamento O Mestre do Amor e promoção da Li Mendi {Parceria}



A autora parceira do blog Quarto 217 Li Mendi aproveitou o lançamento de O Mestre do Amor na Bienal do Rio de Janeiro (dia 13 de setembro, às onze horas no Stand Tribo das Letras - Pavilhão Verde, Rua P, nº20) e resolveu fazer uma promoção não apenas lá, mas para todos:




Vou fazer uma super promoção. O Livro A verdadeira Bela estará 7 reais no stand. Ai fiquei pensando em como levar esse preço para quem não vai a Bienal e mora em outro estado. Então, criei um post "A Bienal vai até você"! E vou vender por 10 reais com frete grátis para quem comprar comigo por e-mail. 



Ainda não tive a oportunidade de ler O Mestre do Amor, e estou curiosa! Mas aqui vai a sinopse oficial pra vocês:



Marcos é um dedicado estudante de direito e sua maior prioridade é pagar a faculdade para se tornar um dia um importante e renomado advogado. Esse rapaz não mede esforços em busca da liberdade que uma nova vida pode lhe oferecer. Para conseguir seu objetivo, além de fazer estágios e vários trabalhos temporários, também se torna dançarino de um clube de mulheres.
Bárbara, filha do dono do clube, se sente atraída por Marcos e está disposta a conquistá-lo. Ambos passam a se envolver em uma secreta e perigosa relação que deixa essa história ainda mais excitante. Mas, Marcos não quer se meter em encrenca e precisa se focar nos estudos, por isso, fará de tudo para fugir. Só que não será nada fácil escapar, porque tem uma dívida com Bárbara, que agora quer lhe cobrar nos métodos que ela escolheu. Uma história de amor onde o proibido se torna tão tentador.

Li Mendi:

:)

sábado, 4 de julho de 2015

50 fatos sobre mim - Parte 01 de 05

Fonte da imagem: CartoonStock
  1. Minha cor favorita é branco, desde sempre. Porém, sempre tive fases com cores. Quando morava com meus pais, já tive móveis cor-de-rosa (meninas do final dos anos 80 e comecinho dos anos 90, lembram destes móveis?!), paredes do quarto azuis durante alguns anos, verde durante outros; já fui de buscar roupas cor-de-rosa, só pretas, só brancas, só roxas, marrons e assim por diante. Na maioria das vezes, é inconsciente até eu reparar que ando monocromática demais.
  2. Agora casada, percebi que passei pela preferência em tons pastéis, por tons neutros - marrom, cinza, preto, branco, etc. -, e, curiosamente, por alguns objetos vermelhos. Nunca gostei de vermelho antes! Atualmente?! Unicórnio. *explicarei em outro post*
  3. Desde que eu possa me lembrar, meu irmão sempre foi "o cara mais legal do universo". Então gostava do que ele vestia, do que ouvia, do que assistia, e por aí vai. Talvez todo caçula passe por isso com seu irmão mais velho. Então eu tinha a alma extremamente girly, mas usava as camisetas que ele não queria mais, ouvia os álbuns que ele não gostava mais, e tudo que ele aceitasse compartilhar. A minha identidade, separada da dele?! Até hoje: unicórnios, fadas, arco-íris, sereias, Disney, tons pastéis, MPB, jazz, blues, corujas, livros de pintar e por aí vai. E tenho uma fé muito forte.
  4. Apesar de ser o mais menininha possível - ou 'garota tom pastel', como a mestra me chama -, eu tenho este lado que ama rock'n'roll, filmes de terror, já fui wiccan (mas é possível deixar de ser?), literatura de horror, e coisas que algumas pessoas definiriam como nojentas ou assustadoras.
  5. Não quis incluir no item 4 o fato de, desde que possa me lembrar, eu fui o que uma professora de Medicina Legal se referiu a "completamente fria no bom sentido". Não considero frieza - e nem ela -, mas é o fato de... ter estômago, talvez?!... lidar e talvez trabalhar com cenas de crimes, autópsias, psicopatas e todo este universo (vide minhas formações acadêmicas), fotos, vídeos, documentários, ler transcrições de confissões, relatórios de autópsias, os cheiros e tudo mais - não quero que alguém se sinta mal lendo isto aqui, então acho que vocês entenderam.
  6. E uma coisa meio polêmica entre algumas pessoas que conheço é a facilidade de empatizar com todos na situação, ou todos os lados. Cadê a polêmica?! Insira isto em minha área - investigação criminal, Criminologia, etc.
  7. Acredito que todo ser humano seja preconceituoso, mas tive uma pessoa durante um período da minha vida que tentou ao máximo me criar para não ter preconceito algum. Nem ela - muito menos eu sou - era livre de preconceitos, mas se esforçava ao máximo pra me ensinar a ser. Isso me fez ter que me esforçar muito pra entender alguns, ou demorar pra entender comentários e piadas enquanto crescia. Serei eternamente grata por isso.
  8. Aprendi a ler e a escrever antes de entrar na escola, e tenho facilidade em aprender. Se isso fez com que eu tirasse só 10/A?! Não, isso fez com que eu achasse a escola terrivelmente chata. E eu nunca fui uma criança popular, o que só piorava. Eu sempre fui de faltar até o limite, ou sair mais cedo sempre que podia. Adorava alguns professores e alguns amigos, mas todo o resto me estressava.
  9. Até que, há uns doze anos atrás, faltar e sair mais cedo não era uma opção. Começou com dezenas de médicos, exames e diagnósticos errados até a conclusão - nevralgia do trigêmeo. Consegui levar minha primeira (abandonada) e segunda graduação, acredito, sem contar para quase ninguém (afinal, quase todo mundo falta ou mata aula), mas na terceira não teve jeito. Eu precisava de apoio, especialmente da coordenação e dos professores. Alguns foram compreensivos, outros o oposto disso.  
  10. Da época do colegial até hoje sempre digo: "se gostasse de Biologia, faria Medicina para ser legista". Corrigindo, atualmente é "se já não tivesse as graduações anteriores...", "se fosse mais nova...", etc. Às vezes me pergunto: será que um dia irei me arrepender?!

:)

terça-feira, 5 de maio de 2015

Promoção de Dia das Mães - Li Mendi autografado!!! {Parceria}

A autora parceira do blog, Li Mendi, fez uma super promoção para o Dia das Mães! Até o dia 10 de maio, você pode adquirir a obra A Verdadeira Bela, autografada (!!!) por apenas R$12, com frete incluso!

Se sua mãe (ou você!) gosta de romances, recomendo! É só enviar um e-mail para a própria autora, li@limendi.com.br , e o pagamento pode ser realizado por depósito em lotérica. Fácil e rápido!


Vejam minha opinião sobre a obra aqui.


A Verdadeira Bela

Li Mendi.

ISBN: 9788566340112
Ano: 2013 / Páginas: 159
Idioma: português
Editora: Editora Highlands


Nicole está prestes a entrar para uma agência de publicidade famosa e lá enfrentará o conflito entre a auto-imagem e a visão distorcida dos seus colegas a seu respeito. A pressão psicológica que acontece com bullying nas redes sociais será vencida por um grande amor, que surge para fortalecê-la e protegê-la de todos os preconceitos.
Fernando é admirado por seu dinheiro e poder, mas, no fundo, luta contra uma secreta baixa auto-estima. Com medo da própria imagem que forma no olhar do outro, ele se critica e se fecha. Até que um dia seu caminho se choca com o de Nicole e os dois aprendem juntos que o amor não é cego. Ele vê com clareza o que nem todos veem: a verdadeira beleza completa do ser amado.
Com muito bom humor, este livro irá tomá-lo do começo ao fim e envolvê-lo em uma estória que fala de um homem tentando entender o seu passado e de uma garota lutando pelo seu futuro. De repente, os dois se veem um de frente para o outro e descobrem a essência de um amor eterno.


:)

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Não Espere Pelo Amanhã, o novo romance de Josy Stoque! {Parceria}

#NãoEsperePeloAmanhã para ler o novo romance erótico de Josy Stoque!


Dia 12 de junho é o lançamento oficial do novo romance da autora Josy Stoque, Não Espere pelo Amanhã. Porém, desde o dia 06/04, ela nos presenteou com um capítulo novo a cada segunda, quarta e sexta, às 9h, publicados oficialmente tanto no Wattpad quanto no Widbook!


“Ódio e amor nunca foram tão próximos” Era apenas para ser a primeira missão de Évelyn Lacerda pela Agência Brasileira de Inteligência e mais um dia burocrático para Samuel Black no Consulado dos Estados Unidos no Rio de Janeiro. Mas seus caminhos se cruzam em um perigoso jogo de vida e morte, atração e repúdio, amor e ódio. Eles farão qualquer coisa para cumprirem suas missões e se livrarem do desejo e da aversão que surgem entre eles ao primeiro olhar. Para seu azar ou sorte, um inimigo em comum os colocará do mesmo lado e eles terão que lutar juntos para sobreviver.


Na trilogia Puro Êxtase me encantei com a personagem Sara Mello à primeira vista. Desta vez, Eve (Évelyn Lacerda) também está me conquistando (adoro como a Josy cria mulheres fortes!).

Li os cinco capítulos já publicados de uma só vez e mal posso esperar pelo próximo! *a combinação de sofrer de ansiedade e ser leitora compulsiva chega a ser um tormento!* 

:)

Nova parceria - escritora Cristina Deutsch!

A nova parceira do blog Quarto 217 é a escritora Cristina Deutsch!

SiteBlog - Fan Page - Google+ - Twitter - Tumblr - Skoob

Cristina Deutsch nasceu em Petrópolis/RJ e mudou para a Alemanha (um de meus sonhos é conhecer o país!) em 1995. 
Até o presente momento é autora de catorze livros - uma autobiografia, seis obras infantis e sete romances -, de diversos contos e crônicas, roteiros audiovisuais e possui inúmeras citações, poemas e pensamentos publicados em seu blog e redes sociais (links acima). Gosta de gastar seu tempo lendo, escrevendo, fazendo aeróbica ou curtindo a família.

Este ano participou do 3º Prêmio SFX de Literatura em que teve seu conto Desatino - parte de uma antologia de mesmo nome - premiado!

Esta manhã recebi e iniciei a leitura de sua obra Na Escuridão dos Dias. Sinopse:

"Na Escuridão dos Dias é uma ficção histórica que traz como cenário a Guerra de Secessão da Iugoslávia. Quando nacionalistas tentaram impedir que a Bósnia-Herzegovina se separasse do que restou da antiga Iugoslávia em Abril de 1992. Milla, uma menina ruiva e Sardenta, ainda tão pequena precisou conviver com os martírios causados por esse evento. Ao findar a fase sangrenta em seu país ela percebe que sua vida não seria mais como antes, ao conhecer a omissão e deslealdade. Alguns anos se passaram e Milla já adulta encontra o que toda mulher sonha: o grande amor da sua vida, e com Fateen viverá uma paixão que terá altos e baixos, e descobrirá no momento certo toda a verdade sobre seu passado, e, essa revelação mudará suas prioridades.
Uma historia de ganância,ambição, luta e jogo de poderes. Através da ficção, o livro levanta o véu que manteve Milla e todos os muçulmanos sem direito à identidade e uma vida digna, e serve de alerta para as novas gerações: a liberdade é o maior bem para todos e especial para aqueles que sobreviveram a escuridão dos dias."

O timing da parceria (embora nós duas sabemos que houve alguns percalços - de minha parte) não poderia ser melhor, pois estou passando novamente por uma fase de buscar ficções históricas e reler obras infantis. Espero que tenha a oportunidade de ler todos os seus títulos.

:)

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Lista de Páscoa "Eu queria, MAS..."

Eu tenho várias alergias (especialmente alimentares), mas focaremos em algo específico aqui: amendoim, amêndoas, avelã, castanha-de-caju, castanha-do-Brasil, macadâmia, nozes, pistache e similares.

Explicando mal e porcamente, meu organismo encara suas proteínas como prejudiciais.

 photo nuts-freegreatpicture.com__zpsozkkzovv.jpg

E eu já passei desde a comer um bombom e ter apenas uma coceirinha ou vermelhidão (e, como meu irmão caçula diz "fico com a boca da Angelina Jolie"), boca formigando, ataques de asma e até a necessidade de uma intravenosa de adrenalina (eu parecia um balão quando cheguei ao hospital!).


A ANVISA determina que seja explicitado quando o alimento possui traços de alérgenos comuns como, portanto, amendoim, amêndoas, avelã, castanha-de-caju, castanha-do-Brasil, macadâmia, nozes e pistache. E deveria, pessoas como eu agradecem!

Porém, minha Páscoa será mais triste.

 photo 11669490615_b51351b964_b_zpsmq4dsn9h.jpg

Há um tempo que eu não faço questão de ovos de chocolate, ou peço para não me darem, não ligo, etc. Mas este ano, provavelmente por estar há tanto tempo com a saúde debilitada - traduzindo: fico manhosa como uma menininha de 5 anos -, queria um ovo de Páscoa.

Foi então que fui pesquisando e, por ordem de preferência:

  1. Ovo Pequeno Príncipe, Cacau Show: "Contém traços de amendoim, amêndoas, avelã, castanha-de-caju, castanha-do-Brasil, macadâmia, nozes e pistache."
  2. Ovo Equestria Girls, Chocolates Brasil Cacau: "Contém traços de ovos, amendoim, amêndoas, avelã, castanha-de-caju, castanha-do-Brasil, macadâmia, nozes e pistache."
  3. Ovo Mickey, Kopenhagen: "Pode conter traços de amendoim, castanhas e avelã."
  4. Ovo Minnie, Kopenhagen: "Pode conter traços de amendoim, castanhas e avelã."
  5. Ovo Jolie Maleta, Garoto: "Contém traços de amêndoas, amendoim, avelã, castanha-de-caju e castanha-do-pará."
  6. Ovo Jolie Pet, Garoto: "Contém traços de amêndoas, amendoim, avelã, castanha-de-caju e castanha-do-pará."
  7. Ovo Lalaloopsy, Garoto: "Contém traços de amêndoas, amendoim, avelã, castanha-de-caju e castanha-do-pará."
  8. Ovo Liga-da-Justiça, Cacau Show - Super-Homem: "Contém traços de amendoim, amêndoas, avelã, castanha-de-caju, castanha-do-Brasil, macadâmia, nozes e pistache."
  9. Ovo Liga-da-Justiça, Cacau Show - Mulher-Maravilha: "Contém traços de amendoim, amêndoas, avelã, castanha-de-caju, castanha-do-Brasil, macadâmia, nozes e pistache."
  10. Ovo Chocobichos, Cacau Show: "Contém traços de amendoim, amêndoas, avelã, castanha-de-caju, castanha-do-Brasil, macadâmia, nozes e pistache."

Problemas: os seguintes ovos não possuem lista de ingredientes nos sites (ou ao menos não as encontrei):

  1. Ovo Hello Kitty Maletinha, da Lacta;
  2. Ovo Turma da Mônica Maletinha, da Lacta;
  3. Ovo Hora de Aventura, da Lacta.

Alguns esclarecimentos: 

  • Eu não acho que a Páscoa deve ser relacionada a chocolates (como disse no início, já nem me importava mais com isso);
  • Sim, eu acho um absurdo o consumismo e o valor exorbitante dos chocolates nessa época do ano;
  • Sim, eu não concordo com o uso de personagens pra vender junk food pra crianças;
  • Porém, eu sou adulta e sei o que estou fazendo - desejando algo por ser bonitinho, é somente um capricho por eu ter tido semanas difíceis e blá-blá-blá;
  • Eu já comi bombons destas marcas e não tive reação alérgica - mas um ou outro bombom não é o mesmo que consumir um ovo de Páscoa inteiro;
  • Costumo olhar 99,9% das listas de ingredientes. Às vezes esqueço, sou humana. 
  • E às vezes algo que "pode conter traços de" não me faz mal;
  • O problema está nas demais vezes que FAZ MAL - não dá pra ficar brincando de roleta-russa com minha saúde;
  • Eu fiz drama quando disse que minha Páscoa seria triste - não será, de maneira alguma -, somente queria me dar (ou ganhar) um agrado, um chocolate com algo fofo, e...;
  • Por fim, SIM, eu comecei tudo isso quando vi a raposa de pelúcia do ovo de Páscoa do Pequeno Príncipe.
:-/

quarta-feira, 25 de março de 2015

A cunhada-amiga-irmã.

Sábado passado eu e a Ca olhávamos vitrines quando nos deparamos, exatamente ao mesmo tempo, com uma pulseira de miçangas. Foi amor à primeira vista... para as duas.

Não pensei duas vezes em deixá-la - e incentivá-la - a comprar a pulseira pra si. Coloquei em seu braço para experimentar, dei minha opinião sincera (ficou linda!) e me senti mais feliz do que se a tivesse comprado para mim.

E eu tenho certeza absoluta de que, se eu tivesse demonstrado real interesse - eu me apaixonei pela pulseira, mas minha empolgação não é visível em muitas das vezes -, ela faria exatamente o mesmo. Como quando entramos no mesmo provador e experimentamos as mesmas roupas.

Há algo engraçado nisso. Sábado ela disse que temos uma "pegada" diferente, e é verdade. Temos estilos bem distintos. Curiosamente, com certa frequência, nos apaixonamos pelas mesmas peças de roupas, os mesmos livros, as mesmas músicas, os mesmos filmes. E quase sempre por motivos diferentes!

Esta é minha cunhada. Porém, não apenas isso.

No segundo semestre fará oito anos que eu e meu marido estamos juntos, entre o primeiro encontro, namoro, noivado, casamento, enfim. E, certamente já mencionei aqui anteriormente que ele tem uma irmã, dois anos mais nova que eu.

Eu me dei conta que ganhei uma cunhada-amiga-irmã, exatamente nesta ordem. 

Fonte da imagem: Angju

Ela foi, pra mim, nesta ordem. Eu tive uma cunhada receptiva e paciente, depois uma amiga pras horas divertidas e, de repente, uma irmã pela qual sinto um amor incondicional. Somos confidentes, companheiras, parceiras de tequila (Arriba!). Choramos muito juntas mas, felizmente, rimos mais ainda. 

Nós TEMOS que contar as novidades, não importa a hora! E dividirmos roupas - e às vezes comprar igual! ;) Se não falamos "bom dia" de manhã, o dia não parece o mesmo. O mesmo com "boa noite". 

Eu preciso saber se ela chegou bem em casa (e, se possível, ver seu look antes dela sair).

Ela me incentiva a malhar, a dançar, a sair e eu a incentivo a... bem, ser ela mesma. Pois ela é minha cunhada-irmã-amiga incrível! 

Dizem que, quando casamos, ganhamos outra família - pai, mãe, cunhada... Bem, eu já considerava minha família bem antes (com tios, primos, cachorro...). Mas descobri este amor incondicional por minha IRMÃ que só se multiplica. Este desejo imensurável de que ela só tenha coisas boas na vida! E que Deus a continue iluminando, pois ela é uma das pessoas mais lindas e admiráveis que já tive o prazer de conhecer!

:)

segunda-feira, 23 de março de 2015

Menos é mais.

Eu sempre tive muitas coisas. MUITAS. Provavelmente pelos meus hobbies e interesses.

Amo ler (jura?) e encaro meus livros como meus bebês e como conforto, como um security blanket. Se eu sei que eles estão comigo, que eu posso sempre folheá-los de novo, relê-los, estou feliz. É como saber que sempre poderei voltar àqueles lugares que não deixam de ser, também, laresmeu lar. Portanto, imaginem o espaço que ocupam. Adoro música e ainda adoro possuir meus álbuns favoritos.

Também gosto de ter pequenas coisas, objetos, que representem alguma parte de mim mesma, algum traço de minha personalidade. Seja um pingente de bailarina - ou dois, ou cinco, ou vinte -, uma miniatura de unicórnio, uma caneca em teal (cor símbolo da nevralgia do trigêmeo).

E eu sou a louca da papelaria - e da livraria, como podem imaginar. Amo pintar, desenhar e, principalmente, escrever. Cadernos, lápis, canetas, diários... são os melhores presentes que eu posso ganhar (depois de livros e chás, é claro). Sou menininha, bem feminina, gosto destas coisas enfeitadas, com bichinhos, em tons pastéis. Adoro bichinhos de pelúcia, especialmente quando são lembranças de viagens, presentes de pessoas amadas ou unicórnios!

Se vocês contarem com roupas, sapatos e bolsas (minha obsessão por grande parte de minha vida!), imaginem quanto espaço físico ocupo!

Com todas as reflexões e mudanças que tenho feito recentemente - citadas aqui -, algo começou a me incomodar: tenho objetos na casa dos meus pais, no antigo apartamento de meu marido (hoje ocupado por minha cunhada-amiga-irmã) e aqui, em nosso lar há um pouco mais de um ano. Especialmente roupas, sapatos, e bolsas.

Então comecei, quando visitava meus pais, a olhar certos itens, começando por vestuários. E compartilhei no Instagram, como podem ver aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui

Além de sacos e mais sacos de roupas (esvaziando totalmente minha antiga cômoda) e, cerca de 45 pares de sapatos (!!!), ainda há coisas que minha mãe quis, por exemplo.

A maior recompensa foi a doação, especialmente por muita coisa ter ido para vítimas de enchentes. Não entreguei pessoalmente, não conheço ninguém e não levei crédito por nada. E, embora eu quisesse conhecê-los, não é reconhecimento que espero. É saber que tanta coisa que acumulados e deixamos de lado serão úteis para alguém.

Toda esta limpeza também deve-se ao fato de eu estar, aos poucos, mudando meu estilo. Não só em relação à moda, mas meu estilo de vida. Com algumas mudanças simples de roupa - trocar jeans, tênis e camiseta por vestidos, por exemplo -, nunca me senti exteriormente tão eu mesma.

Falarei mais sobre a sensação incrível de possuir menos, e ainda tenho um longo caminho a percorrer. Foi apenas o começo.

E, é claro, também tenho livros para indicar sobre o assunto nos próximos posts!

:)

Cadê o Quarto 217?!

Não quero ser repetitiva, pois sempre que fico um tempo sem atualizar o blog é pelo mesmo motivo - minha doença crônica. Entretanto, arrependi-me de minha decisão do final do ano passado de não dar-lhes uma explicação, por mais repetitiva que esta seja.


Justo quando decidi dedicar-me ao máximo ao blog, minha saúde se deteriorou. Aliás, ao mesmo tempo, queria fazer com que meu aniversário de 30 anos (sim, fiz 30!) fosse inesquecível e não foi, queria voltar a dançar e nem comecei, estou com dois projetos de novos hobbies - artesanatos - que mal saíram do papel, deixei amigos na mão... entre mil e uma coisas. #mimimi

Não foi somente a saúde, mas também um período de reflexão e caos em minha vida pessoal. Dá pra ter reflexão em meio ao caos?!

Minha intenção é transformar cada um dos motivos acima, e cada reflexão, em um post.

Eu li MUITO, o que é ótimo para o blog. E fiz achados incríveis em sebos. SÓ falta escrever. Parece piada, não?!

Mas as coisas estão se ajeitando e, enquanto estou tentando dar um jeito no apartamento há tanto negligenciado, anoto ideias e termino posts começados. 

Uma rede social, porém, que tenho conseguido manter ativa é constante, é o Instagram





 photo recite-coit88_zpsfnzie53a.jpg

A inatividade das outras irá mudar, fiquem tranquilos.

Por enquanto, agradeço enormemente a paciência, o carinho e a confiança de cada um de meus parceiros.

E a de vocês, leitores e amigos.

:)

terça-feira, 10 de março de 2015

Li: A Verdadeira Bela, de Li Mendi

Observação: como eu ganhei este livro no sorteio do blog Relíquias, este não é um post de parceria.


A Verdadeira Bela

Li Mendi.

ISBN: 9788566340112
Ano: 2013 / Páginas: 159
Idioma: português
Editora: Editora Highlands


Nicole está prestes a entrar para uma agência de publicidade famosa e lá enfrentará o conflito entre a auto-imagem e a visão distorcida dos seus colegas a seu respeito. A pressão psicológica que acontece com bullying nas redes sociais será vencida por um grande amor, que surge para fortalecê-la e protegê-la de todos os preconceitos.
Fernando é admirado por seu dinheiro e poder, mas, no fundo, luta contra uma secreta baixa auto-estima. Com medo da própria imagem que forma no olhar do outro, ele se critica e se fecha. Até que um dia seu caminho se choca com o de Nicole e os dois aprendem juntos que o amor não é cego. Ele vê com clareza o que nem todos veem: a verdadeira beleza completa do ser amado.
Com muito bom humor, este livro irá tomá-lo do começo ao fim e envolvê-lo em uma estória que fala de um homem tentando entender o seu passado e de uma garota lutando pelo seu futuro. De repente, os dois se veem um de frente para o outro e descobrem a essência de um amor eterno.


Ganhei o A Verdadeira Bela em novembro, em um sorteio, como dito acima, com dedicatória da autora e marcador autografado (veja aqui detalhes e fotos). E eu o li de uma só vez, sem pausa. É uma leitura leve e gostosa.

É um livro romântico, divertido, quente e, devo acrescentar, fofo!

Ora sob o ponto de vista da Nicole, ora sob o do Fernando, o leitor vai descobrindo as inúmeras facetas que envolvem o encontro aparente casual dos dois.

Para os fãs de romances românticos, é uma ótima pedida. Ainda mais para quem acredita em amor à primeira vista, destino e um romance que pode durar a eternidade!

É doce e encantador!

:)

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

{Parceria} Please, Mr. Postman! - Coração de Pelúcia, de Li Mendi

Recebi o primeiro livro em parceria com a autora brasileira Li Mendi, Coração de Pelúcia! A edição é linda, amei a capa e, novamente, a autora enviou com o maior carinho!


"Fernanda, na adolescência, é deixada no baile de formatura do colégio por Alan, que não a procura nos dias seguintes. Então, a menina se muda para longe e leva no coração aquela paixão que nunca se consumou. Mas, depois de muitos anos, ela volta à sua cidade e descobre que o amor da sua vida, na verdade, sofrera, naquela noite do baile, um acidente de carro que o deixara cego.
Agora, há uma nova chance para que os dois se redescubram, motivados por um concurso de dança que irão participar juntos." 
ISBN: 9788566340211
Ano: 2014 / Páginas: 211
Idioma: Português


O livro veio com um marcador de páginas da autora, ambos com dedicatória!


"Para Patrícia:
Querida leitora, os livros são o alívio da alma e o sabor dos nossos dias. Eles nos fazem esquecer nossos problemas. Outros, fazem a gente aprender a como lidar com eles. Eu desejo que Alan te tome pela mão e te leve pela dança das páginas, pois irá te conduzir para dentro de seu mundo.
Uma linda leitura.
Beijos!
Li Mendi
2015"


:)

sábado, 10 de janeiro de 2015

Nova parceria - escritora Li Mendi!

A nova parceira do blog Quarto 217 é a autora Li Mendi! Eu não poderia estar mais feliz!


Há algum tempo, ganhei no sorteio do blog Relíquias o livro A Verdadeira Bela, e mal sabia eu que já começaria 2015 com esta incrível parceria!

A autora tem 29 anos (minha idade!), é jornalista e publicitária formada pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, geminiana e mora no Rio de Janeiro.

Escreve desde 2006 e já tem milhares de membros em seu fã-clube! Achei uma doce gentileza e grande consideração com os leitores ela disponibilizar várias de suas obras gratuitamente aqui, no Wattpad e no Widbook. Não deixem de conferir - eu, certamente, não deixarei de colocar minhas impressões de cada um deles no blog! E não deixem de conferir todos os links dela abaixo:


Saiba Mais - Lojinha - Facebook - Fan Page - Twitter - Instagram - Fã-Clube - Wattpad - Widbook - Skoob - Pinterest - Google+ 

Terça-feira publicarei minhas impressões de sua obra A Verdadeira Bela e, em breve, mais novidades! Espero que estejam tão empolgados quanto eu!

“Eu tenho orgulho de ser uma escritora brasileira. Os leitores quando me enviam e-mails e mensagens pelo Facebook, frequentemente, manifestam surpresa por meus livros não serem uma tradução e terem um estilo moderno, engraçado e emocionante. Isso nos leva a refletir sobre o quanto eles estão precisando de estórias com a cor local. Vemos nas bancadas de lançamentos muitas traduções do que deu certo lá fora. E, na prateleira infinita e virtual da internet é que os pequenos autores conseguem seu espaço. Sei que o índice de leitura no Brasil é baixíssimo, que o poder aquisitivo para comprar livros e o preço destes também são uma barreira, mas, eu faço a minha parte e conto com o apoio da Editora Highlands para lançar minhas obras. Gostaria de viver do orçamento dos livros e me dedicar a isso, porém, enquanto não é possível, eu aproveito as noites e horas vagas. Faço a minha parte e divido o meu amor pelas letras com quem me segue. Tenho um carinho enorme, respondo os e-mails e mensagens na medida do possível e procuro atendê-los. Quem compra diretamente da Highlands leva meu livro com dedicatória especial e personalizada! Por enquanto está sendo possível dar conta da demanda. (rs). Agora, quero conhecer e me aventurar mais no Wattpad. Vamos ver aonde essa aventura vai levar?”




:)

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Desafio Literário I DARE YOU - 2015


O I Dare You (tradução: Eu Te Desafio) é um desafio literário que tem como objetivo incentivar a leitura de diferentes gêneros, fazendo com que o leitor expanda o seu conhecimento literário, aumente a sua lista de livros lidos, ou até leia aquele livro que está parado na estante por muito tempo.
Baseado no Desafio Literário, que teve fim em 2013, nosso objetivo é trazer de volta aquela época onde cada mês nós tínhamos um compromisso a cumprir. Uma leitura a ser realizada. Com isso, depois de muito planejar, formamos o I Dare You, o melhor desafio literário de 2015!
Clique aqui para mais informações.

Temas:

Janeiro: Férias;
Fevereiro: Comédia;
Março: Chick Lit;
Abril: Young Adult;
Maio: Romance Histórico;
Junho: Romance;
Julho: Protagonista Masculino;
Agosto: Temas Polêmicos;
Setembro: Romance Policial;
Outubro: Terror;
Novembro: Livros Musicais;
Dezembro: Livro do Gênero Favorito.

Optei por escolher todos entre os livros parados em minha biblioteca. Para ser sincera, muitos já comecei assim que os comprei, mas por um motivo ou outro, abandonei-os. Também inclui duas séries ao invés de um livro apenas de cada pois: 1. Eu parei em algum ponto da série há um tempo e acredito que precise reler um pouco os capítulos anteriores (e li outra tradução, não sei se quero recomeçar desde o primeiro com esta); 2. Estou tão ansiosa para começar a série que talvez eu leia antes do mês estipulado.

*eu sei que os livros Maze Runner estão fora de ordem!*

:)