segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Momento literário #02

Uma vez por mês, divulgar aqui uma crônica, um poema, algo que tenha chamado a minha atenção.

 photo 52825dc1-3b19-4395-8431-e2f4e120da27_zps473c0d14.png
Créditos da imagem: The Idiot Box, by Hai-Kulture

À Televisão
de José Paulo Paes

Teu boletim meteorológico
me diz aqui e agora
se chove ou se faz sol.
Para que ir lá fora?

A comida suculenta
que pões à minha frente
como-a toda com os olhos.
Aposentei os dentes.

Nos dramalhões que encenas
há tamanho poder
de vida que eu próprio
nem me canso em viver.

Guerra, sexo, esporte
me dás tudo, tudo.
Vou pregar minha porta:
já não preciso do mundo.

PAES, José Paulo. Prosas seguidas de odes mínimas.
São Paulo: Companhia das Letras, 1992. p. 71

:)

Nenhum comentário: