terça-feira, 9 de setembro de 2014

Desafio das 250 Músicas #06

 photo ballet_by_sashaangel_zpsd76f6993.jpg
Créditos da imagem: ballet, by sashaangel.
Eu encontrei este desafio musical no blog Starships and Queens, da Ana L. Alves, que por sua vez pegou no Champagne Supernova. Pelo que eu vi, cada pessoa está com um método diferente para responder as 250 perguntas (lista completa aqui), e eu farei da seguinte maneira - cinco questões respondidas por semana, em um único post na segunda-feira. A Garota no Hall também já fez este desafio! Confira aqui.

26 - Uma música que te lembre sua família: The Legend of Johnny Appleseed, de Kim Gannon e Walter Kent, interpretado por Dennis Day. Na verdade é um segmento de cerca de dezessete minutos, contendo a canção Johnny Appleseed ("Oh Deus foi bom pra mim...") - entre outras - e compõe, juntamente com outros, o Melody Time (1948), de Walt Disney. Eis um trecho:

*vídeo não-oficial, encontrado no YouTube*

Infelizmente eu cresci com o primeiro lançamento no Brasil, que também foi em 1948, com sua dublagem original - chamava-se "Cante com Disney" (não, não é aquela coleção de VHS Cante com Disney lançada nos anos 90). Quando ele foi relançado aqui como "Tempo de Melodia" no final dos anos noventa a dublagem era outra e, salvo engano, mudaram as letras de todas as músicas (ao menos de três segmentos tenho certeza). Desde então eu só consigo assistir com o áudio original em inglês, o que é ótimo também, uma vez que há grandes nomes como The Andrews Sisters que amo de paixão!

Mas não tem mais aquele gostinho de infância...

27 - Uma música que te dê medo:

Ok, este será em duas partes, o que meio que burla as regras de 250 músicas, mas irei explicar:

Parte 01: dois fatos que precisam saber sobre mim - primeiro, eu comecei a fazer aulas de ballet clássico com 2 anos de idade; segundo, eu tenho uma paixão obsessiva (nãooooo, imagina!) por Piotr Ilitch Tchaikovsky.

Não sei se eu gosto tanto de Tchaikovsky pelo ballet, por Fantasia (1940) (recheado de Tchaikovsky, e The Nutcracker é meu ballet preferido, então...) ser minha animação favorita de todos os tempos, por influência de alguém, ou por identificação pessoal mesmo.

Mas enfim, eu sempre disse, desde pequena, que ficava apavorada com uma de suas composições. E não é verdade. Não é medo. Ela me assombra. É absurdamente bela e me assombra. Ontem eu a ouvi e me perturbou profundamente. Hoje eu apenas a apreciei.

Então, de Swan Lake, interpretada por UNC Symphony Orchestra:


Minha primeira caixinha de música a tocava Ela era decorada com cisnes, é claro, e dentro havia a pequena bailarina. Eu sempre me desafiava a ouvi-la até o final, e sempre acreditei que a pequena bailarina era psicologicamente abalada. Todavia, provavelmente a bailarina perturbada era eu.

Parte 02: Como eu não consigo pensar em uma música que me dê medo, direi uma que talvez devesse (ou não). A Ave Satani, de Jerry Goldsmith, da trilha sonora de A Profecia (1976), um de meus filmes favoritos - aliás, adoro a trilogia como um todo. Se você ainda não percebeu sobre o quê se trata, é uma versão satânica de um canto gregoriano, exaltando Satã em latim em trechos como, traduzindo (talvez porcamente, desculpem-me): "O sangue que bebemos,a carne que comemos, eleva o corpo de Satanás./ Salve o anticristo!".


28 - Uma música cuja melodia você acha bonita: Raconte Moi, de Bernie Beaupère, Emilie Satt e Jean-Karl Lucas, interpretada por Stacey Kent:


29 - Uma música que te lembre sexo: The Sweetest TabooSade:


30 - Uma música que tenha um número no título: The Girl in 14-G, de Kristin Chenoweth:

*vídeo não-oficial, encontrado no YouTube*

:)

P.S.: Do momento em que escrevi "e The Nutcracker é meu ballet preferido" até o final do post senti um incômodo absurdo e trechos de composições de vários outros começaram a me assombrar aqui. Então retiro o que disse, não dá pra escolher um favorito. Não dá. *ah, o doce alívio do silêncio!*

Um comentário:

André Antunes da Cunha disse...

Olá!
Sobre a entrada #26 da sua lista, você tem alguma ideia de onde encontrar a versão original?
Cresci pedindo aos meus pais para alugar e realugar essa fita da Disney na locadora e tenho muita saudade da versão com a dublagem original. ):