domingo, 28 de setembro de 2014

Comprinhas: livros e sticky notes

Aviso importante: Este NÃO É UM PUBLIPOST. Estou fazendo o post por prazer, pra mostrar coisas bonitas! Não estou ganhando descontos, brindes, muito menos dinheiro (quem me dera!) pra falar sobre isso. E a loja/marca não me pediu para falar do assunto! Se um dia eu fizer propaganda, avisarei vocês, combinado?! Pronto, acho que já esclarecemos isso, então vamos lá! :P 
 

Nesta última semana, na Leitura, comprei dois livros da Intrínseca que estavam em minha wishlist do Skoob por apenas R$9,90 cada:


*as edições estão lindas, as capas têm detalhes em relevo e são belíssimas, não?!*

GUIA DE UMA CICLISTA EM KASHGAR, de Suzanne Joinson:

ISBN: 978-85-8057-327-5
Tradução: Vera Whately
Lançamento: 2013-04-27
Páginas: 272
Gênero: Ficção

"Em 1923, Evangeline English chega com a irmã Lizzie à antiga cidade asiática de Kashgar, na Rota da Seda, para ajudar a estabelecer uma missão cristã. Lizzie está fascinada por sua poderosa e inflexível líder, Millicent, mas as motivações de Eva para deixar a vida burguesa na Europa são menos claras. Juntas, as três mulheres tentam organizar sua nova casa em meio à pobreza local. Enquanto isso, Eva começa a trabalhar no seu livro, um guia para ciclistas que desejem se aventurar por aquela região.
Em Londres, nos dias de hoje, outra história tem início. Certa noite, uma jovem abre a porta de casa e se depara com um homem dormindo no corredor. Pela manhã, ele não está mais lá, mas deixa na parede o belo desenho de um pássaro de cauda longa e uma frase escrita em árabe. Tayeb, que saiu do Iêmen para morar na Inglaterra, aparece na porta de Frieda no dia em que ela descobre ser a parenta mais próxima de uma mulher que acabou de morrer, uma mulher de quem ela nunca ouviu falar e cujo apartamento abandonado contém muitas surpresas, entre elas uma coruja mal-humorada.
Quando os mundos de Frieda e Tayeb se encontram, os dois iniciam uma amizade improvável e embarcam em uma aventura inesperada, como a de Eva. Repleto de cenários de tirar o fôlego e personagens inesquecíveis, Guia de uma ciclista em Kashgar é uma história extraordinária sobre tradições e relacionamentos que atravessam gerações."


NOVE PLANTAS DO DESEJO E A FLOR DE ESTUFA, de Margot Berwin:

ISBN: 978-85-8057-000-7
Tradução: Adalgisa Campos da Silva
Lançamento: 2011-01-11
Páginas: 248
Formato: 16 x 23cm

"Romance de estreia de Margot Berwin, Nove plantas do desejo e a flor de estufa, teve os direitos cinematográficos adquiridos por Julia Roberts antes mesmo de seu lançamento.
A protagonista Lila Nova, redatora de uma agência de publicidade recupera-se de um divórcio doloroso quando percebe que sua vida é igual à sua casa: comum, nova e vazia. Mas quando conhece o belo vendedor de plantas, David Exley, um mundo todo novo se revela, e ela resolve abandonar seu “mantra pessoal” — nada de animais de estimação, nada de gente, nada de problemas —, descobre uma nova paixão, compartilhada pela autora: plantas.
Ela embarca numa viagem pelas florestas de Yucatán atrás de nove plantas místicas que trazem fama, fortuna, imortalidade e paixão. Sozinha na selva, é obrigada a aprender mais do que possa ter sonhado sobre si mesma. Uma empolgante viagem sobre  amor e autoconhecimento, Nove plantas do desejo e a flor de estufa alia mistério, aventura, e excitação, em todos os sentidos possíveis."





E, alimentando meu vício, mais dois bloquinhos de sticky notes - dolls e cupcakes - da Ót!ma:




Pelo que vi no catálogo da gráfica, agora acho que faltam apenas o pets e o lápis! :)
:)

sábado, 27 de setembro de 2014

Desafio das 250 Músicas #08 + 7 músicas para cantar no Karaokê


Créditos da imagem: Jazz, by bbfan77.

Eu encontrei este desafio musical no blog Starships and Queens, da Ana L. Alves, que por sua vez pegou no Champagne Supernova. Pelo que eu vi, cada pessoa está com um método diferente para responder as 250 perguntas (lista completa aqui), e eu farei da seguinte maneira - cinco questões respondidas por semana, em um único post na segunda-feira. A Garota no Hall também já fez este desafio! Confira aqui.

36 - Uma música cuja letra você se identifica: Keep on singing my song, de Christina Aguilera e Scott Storch, interpretada por Christina Aguilera:


37 - Uma música que você ouça, em uma língua que você não fala: Utakata, de Kagrra,:


Pensar no Isshi me deixa triste, mas ao menos eu pude vê-los aos vivo (12/07/2009) com a mestra e a Nanda, e com direito a Meet & Greet com autógrafos (as mãos do Isshi eram incrivelmente macias e delicadas, e cheiravam ao Pear Glacé, da Victoria's Secret!) e ingresso vip.

*autógrafos e pulseirinha vip*

38 - Uma música que seja conceitual: eu pensei muito nesta, e até cogitei pesquisar no santo Google. Porém, eu resolvi fazer uma escolha super pessoal - pois acho que é este o objetivo deste desafio - e que pra mim tem grande significado e força. Porém, não dava para escolher uma única música. Optei pelo PBS special "Dizzy Gillespie’s Bebop Reunion", de 1975, na íntegra, pois resume o poder que o bebop exerce sobre mim, e o quanto estes grandes nomes me afetam:


39 - Uma música que seja difícil de reproduzir (não estou falando de apertar o play): eu poderia escolher o álbum Bird and Diz inteiro - é um de meus álbuns favoritos, se não o favorito -, então escolhi aleatoriamente a Relaxing with Lee, de Charlie Parker, interpretada por Charlie Parker (saxophone), Curley Russell (bass), Buddy Rich (drums), Thelonious Monk (piano), Dizzy Gillespie (trumpet):


40 - Uma música que você considera complexa: complexa em sua pureza e simplicidade, Lester Leaps In, de Lester Young, interpretada por Count Basie (piano), Lester Young (tenor sax), Buck Clayton (trumpet), Dicky Wells (trombone), Freddie Green (guitar), Walter Page (bass), Jo Jones (drums):


"The trouble with most musicians today is that they are copycats. Of course you have to start out playing like someone else. You have a model, or a teacher, and you learn all that he can show you. But then you start playing for yourself. Show them that you’re an individual. And I can count those who are doing that today on the finger of one hand.
A man can only be a stylist if he makes up his mind not to copy anybody. Originality is the thing. You can have tone and technique and a lot of other things but without originality you ain’t really nowhere. Gotta be original." ~Lester Young
 

7 músicas para cantar no Karaokê

Eu NÃO canto. nunca. Em hipótese alguma. Nem sozinha. Nem "parabéns". Mas, como eu queria muito fazer este tema proposto pelo Rotaroots, eu pensei em músicas que eu cantaria ou, pelo menos, dublaria (se a Brit-Brit pode fazer um show inteiro com playback, por que eu não poderia dublar em um karaokê?!):

  1. Total Eclipse of the Heart, Bonnie Tyler;
  2. Time After Time, Cyndi Lauper;
  3. Something's Got a Hold on Me, Etta James;
  4. Let it Go, Idina Menzel;
  5. Edge Of Seventeen, Stevie Nicks;
  6. Gold Dust Woman, Stevie Nicks; 
  7. 9 to 5, Dolly Parton.

Obs.: com exceção dos links das sete músicas para cantar, todos os demais vídeos não são oficiais e foram encontrados no YouTube.

:)

TAG: 100 Perguntas que Ninguém Pergunta #03

Vi esta tag no blog Parada Chic, porém em vídeo. Para não ficar tão cansativo, a dividi em cinco partes:
Créditos da imagem: Her Little Secret, by Amatorka.

41. Você tem alguma assinatura de revista?

Não, já assinei várias, mas hoje prefiro a liberdade de ir a uma livraria ou banca e escolher as edições que mais me agradam no mês.

42. Quais são melhores, Lego ou Logs Lincoln?

Lego! *e Playmobil!*

43. Você é teimoso(a)?

Meu marido disse pelo WhatsApp que não. Hehe. Eu sei que faço bico, charme e manha às vezes. *sim, eu tenho cinco anos de idade!*

Todavia, especialmente quando o assunto é sério, eu tento sempre pensar no outro e manter a mente aberta, então a resposta seria mesmo não.

44. Quem é melhor: Faustão ou Sílvio Santos?

Normalmente só vejo o Sílvio Santos na casa de alguém, e nunca assisto ao Faustão. Mas, sem dúvida alguma o Sílvio Santos.

45. Já assistiu a alguma novela?

Sim, mais durante a infância e pré-adolescência, como Vamp (1991 a 1992). Nós tivemos uma cachorrinha chamada Natasha por causa dela. E a mexicana Carrusel (no Brasil, Carrossel), A Usurpadora (1999), entre outras.

Não faz meu estilo. Porém eu tinha curiosidade de assistir à Meu Pedacinho de Chão, especialmente pela temática e pela fotografia.

46. Você tem medo de altura?

Não.

47. Você canta no carro?

Eu NÃO canto. Nunca. Simples assim.

48. Você canta no chuveiro?

Eu NÃO canto. Nunca. Simples assim.

49. Você dança no carro?

Não.

50. Alguma vez usou uma arma?

Não.

51. A última vez que você teve um retrato tirado por um fotógrafo?

Em nosso casamento.

52. Você acha que os musicais são legais?

Sou completamente apaixonada por musicais!

53. Natal é estressante?

Amo decorar, escolher presentes, o clima, etc. Adoro datas comemorativas em geral. Mas acredito que toda reunião com vários familiares de personalidades diferentes acaba tendo um ou outro momento estressante.

54. Já comeu um pierogi?

Não, e não sei se tenho vontade.

55. Tipo favorito de torta?

Pode ser cheesecake?! *pois tecnicamente é um custard tart*

Como eu disse, sou a pessoa mais fresca do universo para comer, e não consigo pensar em nada que eu goste que levemente se encaixe nesta categoria além de cheesecake!

56. O que você queria ser quando era criança?

Escritora, dona-de-casa e professora. Acho que queria ser escritora mesmo antes de aprender a ler, enquanto admirava as estantes de livros na casa de meus avós.

57. Você acredita em fantasmas?

Não a princípio, mas mantenho a mente aberta.

58. Já teve um sentimento de Déjà vu?

Às vezes. Dependendo do ponto de vista que você escolha adotar, pode ser algo bom ou ruim. O fato do hipocampo ser tão sensível e vulnerável me deixa inquieta às vezes. 

59. Toma uma vitamina diária?

Sim. *consulte sempre o seu médico*

60. Usa chinelos?

Serei sincera. Eu tenho vários (daquela marca), acho eles lindos, mas eu vivo descalça! *deixando pais, avós, sogros e marido loucos!*


Por enquanto é isso! Algumas perguntas são interessantes e curiosas, outras achei de gosto duvidoso e/ou desinteressantes. Porém, tentarei responder tudo! No blog Parada Chic tem a lista com todas, e o vídeo, confiram!

:)

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Roupas infantis na Riachuelo + saia fofa!

Aviso importante: Este NÃO É UM PUBLIPOST. Estou fazendo o post por prazer, pra mostrar coisas bonitas! Não estou ganhando descontos, brindes, muito menos dinheiro (quem me dera!) pra falar sobre isso. E a loja/marca não me pediu para falar do assunto! Se um dia eu fizer propaganda, avisarei vocês, combinado?! Pronto, acho que já esclarecemos isso, então vamos lá! :P 
 

Esta semana eu aproveitei a promoção Biscoito da Sorte da Riachuelo e fiz algumas comprinhas:

Comprando 3 peças infantis, a sai de graça, então peguei:


Finalmente uma camiseta do Finn!!!

*camiseta do BMO super amassada - pois tinha sido recém tirada da sacola!*


Meu irmão caçula com certeza irá amar esta - mas é minha, haha!


Eu e meu marido mais lindo do mundo achamos esta camiseta demais, e estava pela pechincha de R$9,90!!!

Com esta promoção, você ganha um biscoito da sorte de "menino" ou "menina", e no papelzinho você tira um prêmio - eu ganhei esta bolsinha clutch da Hello Kitty que será um ótimo porta-trecos, não acham?! E também estou concorrendo a um tablet (do Adventure Time!!!). *torçam por mim!*

*sim, eu tenho cinco anos de idade!*


E, em outra loja (não lembro o nome, desculpem-me!) eu e minha cunhada linda - sim, as duas compraram a mesma! *e ela viu primeiro* - compramos uma saia super fofa! O que eu mais gostei dela é não ter ficado indecente. Com os meus um metro e setenta e muitos de altura, está cada dia mais difícil encontrar roupas que não fiquem super curtas.

*ela tem um pingente de borboleta*

:)

Comprinhas, unhas e tragédia!

Hoje o post é 3 em 1:

Comprei três coisinhas na quem disse, berenice?, e estou esperando mais que comprei na loja online! *não é propaganda, mas poderia ser, não quem disse, berenice??!* Eu tenho descoberto cada vez mais os produtos da marca, e estas embalagens e os nomes fofos dos produtos são incríveis! 

Dos três, apenas usei ontem a colônia, mas depois que testar tudo (e que a comprinha pela internet chegar) deixarei aqui minha opinião!


  1. Nuvens dançam sob meus pés, 10ml - Adorei o nome, e o perfume é melhor ainda, estou apaixonada! Docinho como eu gosto!;
  2. Demaquilante bifásico azuleta;
  3. Sabonete líquido demaquilante.
Tragédia!!! 

Hoje eu estava estou um pouco fraca e tonta, e caí enquanto arrumava algumas coisas. Porém, eu não apenas caí, eu caí em cima do meu CD Fandango!, do ZZ Top, e consegui trincá-lo inteiro! Fiquei super triste não apenas por amar a banda (e este álbum), mas por ter sido uma compra inesquecível em um flea market de Orlando!


Eu quero meu CD de volta!!!

EsmalteS da semana:

 
*sim, meus dedos são tortos - de verdade!*
  1. ALFAPART Cosmetica di Trattamento - 033 Blu Baby;
  2. IMPALA Nuvens de Cor - 175 Céu de Primavera ;
  3. Foup - 206 Muriel;
  4. Maybelline New York COLOR SHOW - 350 Cool Blue;
  5. ALFAPARF Cosmetica di Trattamento - 054 Blu Sky.
Aproveitando os tons dos esmaltes, quero aproveitar e avisá-los que, dia 07 de outubro é o dia internacional de conscientização da nevralgia do trigêmeo e, a partir do dia 1º, falarei mais sobre o assunto no blog! #TurnTheWorldTeal


Esta imagem foi feita pra mim pela Rebecca de Noblesville, Indiana, que conheci em um dos muitos grupos de apoio. 

:)

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Nova parceria - Daniel Lucrédio, "deus ex machina"!

Ia divulgar a parceria apenas depois de ler a obra, mas ela chegou hoje aqui e não aguentei! ;)

O novo parceiro do blog é o autor Daniel Lucrédio, e ele gentilmente me enviou sua obra "deus ex machina", que estou louca para ler!

Eu irei falar mais sobre o autor e o livro em breve, com calma e carinho, mas eu tinha que passar aqui e mostrar o que chegou pelo correio:


"deus ex machina"

"E se não existisse fome, pobreza, crimes? E se mesmo no Brasil, um país com tantos problemas, a vida fosse tranquila e próspera? E se fosse possível passear pelas ruas e praças à noite, e encontrar famílias, turistas, comércio funcionando, sem o medo e a preocupação que vivem em nossas mentes?
É nesse cenário, em um futuro não muito distante, que se passa a história de “deus ex machina”. Conheça Isabel, uma bem-sucedida agente de viagens que desfruta das vantagens de uma São Paulo que vive em harmonia, e onde ninguém se lembra de um tempo em que havia problemas com os quais se preocupar.
Junte-se a ela quando estranhos acontecimentos parecem despertá-la para o descobrimento de uma terrível verdade. Algo impensável está acontecendo, mas ninguém parece querer perceber. Como você reagiria se soubesse que a tão sonhada iluminação do ser humano foi resultado da manipulação de uma entidade desconhecida e potencialmente perigosa?"

A edição está linda demais, e quem me conhece sabe que sou chata exigente com essas coisas!

Número de páginas: 352
Edição: 1(2014)
Formato: A5 148x210
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Couche 90g

:)

P.S. sem sentido¹: Este curativo lindo da Blueberry Muffin (que também é uma bookworm!) não é decorativo. Quem segue meu Twitter leu que eu consegui realizar a façanha de cortar meu dedo no notebook!
P.S. sem sentido²: Os corações na imagem são pela minha alegria por ter finalmente o livro em mãos e para dar uma amenizada ao fato de que estou, novamente, ruim na cama (mas pelo menos tenho conseguido ler!).

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Li: Puro Êxtase, de Josy Stoque {Parceria}

Skoob - Josy Stoque no Skoob - Josy Stoque - Lojinha da autora - Comprar eBook

Puro Êxtase
Formato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 3223 KB
Número de páginas: 268 páginas
Editora: Independente; Edição: 1ª (19 de fevereiro de 2014)
Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
Idioma: Português

*não recomendo para menores de 18 anos*
*use sempre camisinha!*
Em duas oportunidades (aqui e aqui) eu falei como a autora escreve bem. E irei me repetir novamente!

Não li este livro, devorei-o. Irei repetir-me de novo ao dizer o quanto adoro personagens como a Sara e adoro ler sobre mulheres fortes.

Porém, ela não é apenas forte. Esta obra narra a jornada de uma mulher em busca do amor-próprio e auto-conhecimento de uma maneira tão real, tão crua e tão explícita que não tem como desgrudar do livro antes do final. E ele ainda acaba com um gostinho de quero mais. *na noite em que terminei de lê-lo eu desejei tanto ter a continuação em mãos pra começar a ler logo!!!*

Sara é uma mulher como qualquer outra, com suas qualidades, defeitos, medos e inseguranças mas que, após sofrer, toma a brava decisão de tomar as rédeas de sua vida. Ela se coloca em primeiro lugar, aprendendo a reconhecer seus pontos fracos, fortes e celebrando-os, seja na aparência, carreira, relacionamentos com amigos e parentes e, é claro, com os homens.

Em busca de sua independência ela aprende a se dar prazer, permitir-se sentir prazer e ter novas experiências, viver fantasias, assim como dar prazer aos outros.

É este tipo de aprendizado que me encanta, ainda mais quando é extremamente bem escrito. Quando eu disse "não leiam isso, leiam Josy Stoque", não teve influência alguma com qualquer tipo de parceria, e sim pela admiração que tenho por uma obra bem feita, independente do gênero. Então vamos falar do erótico:

Eu me apaixonei por cada momento erótico da obra ser diferente. Não é mais do mesmo, não se repete. E cada momento que a Sara tem, ela se descobre, descobre novos desejos, prazeres, e entrega-se a eles. Cada pessoa com quem se envolve é diferente e a ensina algo novo. Não é o erótico pelo erótico, gratuito, se é que vocês me entendem.

Ela aprende a perdoar mas, principalmente a perdoar-se. A abraçar-se por inteiro, como é, com seus defeitos, medos, e a trabalhar em si mesma, em melhorar, se conhecer e permitir-se viver da maneira que achar melhor.

E o melhor de tudo é que ela não é esta mulher tão incrível e forte que descrevi até agora do começo ao fim do livro. Ela tem suas inseguranças, seus momentos de ansiedade, medo, dúvida. Ela é humana, real.
A obra tem esta jornada incrível, momentos divertidos, tristes, quentes, de amizade pura e simples, e até mesmo de aventura e de um mistério que mantém-se em aberto até o final (preciso do segundo livro!!!).


Book Teaser:
 
Book Trailer:

Obs.: E o fato da Sara ser da minha área e estudar para concurso público foi só um pequeno plus! Hehe.

:)

P.S.: A Josy Stoque foi a primeira parceira do blog, e eu me apaixonei por todas as suas obras que li até hoje. Quer ser meu parceiro também? Entre em contato aqui!

Dia de lançamento! {Parceria}

Hoje é o lançamento oficial do Marked by Fire em audiobook e em livro impresso em paperback! Yay!  photo rainbowSHEEP.gif


"Kissed by the spray of the Iguaçú Falls in the lush heart of the Brazilian rain forest, the luminous woman Tamires kneels, searching for answers. The falls have always beckoned her, their pull as mysterious as the fire that burns inside her—a fire whose elemental force is the key to unlocking her mystical destiny.
Thirty years earlier, young Tamires was abandoned beneath the falls with only a sparkling amethyst pendant linking her to her origins. Now, as extraordinary powers awaken within her, she knows she must finally unearth the truth behind her past. Her search leads her to a visionary astronomer, to the enchanted falls where she was found, and—most dangerously—to another man.
At every turn, Tamires confronts tightly guarded secrets shielded by lies that threaten not only her family but also the future of all humankind. Only she holds the power to discover the truth, and to fulfill her destiny of righting a perilously unbalanced universe".

Book trailer:


Sucesso, Josy!

:)

domingo, 21 de setembro de 2014

TAG Literária: Isso ou Aquilo

A Rooh do blog As Chatas de Galocha indicou o Quarto 217 para a tag. Não irei indicar ninguém especificamente, sintam-se livres para respondê-la também! ;) Então vamos lá:
 photo tower_of_books_by_kp_shadowsquirrel-d4w9y5d_zpse4c7f2bd.jpg

1- Áudio Book ou Livro?

De preferência livro físico, sempre, embora eu tenha muitos audiobooks em inglês para deixar em meu mp4 player em viagens, etc. *preparada até no caso de ir em pronto-socorro e hospitais!*

2- Capa dura ou Capa mole?

Como eu gosto de ter os livros, se possível sempre opto pela melhor edição, a mais bonita, completa, etc. Mas no fim, o que importa pra mim é a qualidade da impressão e se é confortável para ler (peso, fonte, cor e espessura da página, etc.). Às vezes eu cismo com uma capa específica, ou quero ter aquela edição, mas há algum tempo perdi o preconceito. Só quero qualidade.

3- Ficção ou Não-ficção?

Irei escolher ficção pois acredito que seja o que mais tenha e o que mais li. Porém, adquiri algumas obras de não-ficção recentemente para experimentar coisas novas. *excluindo aqui os livros para estudo*

4- Fantasia ou Vida real?

Um pouco de cada.

5- Harry Potter ou Crepúsculo?

Harry Potter, com certeza! Aliás, provavelmente o próximo (ou o logo após) "quebrando preconceitos" será da saga Crepúsculo.

6- E-book ou Livro físico?

Sempre que possível, livro físico. Mas tenho e já li vários eBooks.

7- Comprar ou Pegar emprestado?

Comprar, sempre que possível! Ou ganhar de presente, hehe. Como disse, eu gosto de ter os livros, para reler, revisitar as histórias, consultá-los, etc.

8- Livro único ou Série?

Essa é difícil. Depende do momento (considerando que sejam bons e bem escritos). E gosto de ter a saga/série completa antes de começar o primeiro, pois sou ansiosa e não gosto de esperar!

9- Livraria física ou Online?

Normalmente os preços das livrarias online são melhores. Porém, adoro passear por livrarias, conferir pessoalmente as edições, capas, qualidade, etc. Então, talvez na maioria das vezes, eu confira o livro em mãos antes de comprá-lo online.

10- Livro longo ou Curto?

Livro bom! ;) 

11- Ler no seu canto ou Tomando sol?

Em qualquer lugar! *embora eu não tome sol nunca* Mas o meu favorito certamente é em minha casa, sozinha, do meu lado da cama ou do sofá.

12- Drama ou Ação?

Os dois?! Eu já li muito mais ação, mas tenho adquirido muitos dramas ultimamente. Eu gosto de experimentar de tudo, até mesmo para manter uma mente aberta e descobrir minhas próprias preferências.

13- Chocolate-quente, Café ou Chá?

Chá, é óbvio!

14- Ler resenha ou Decidir por si?

Eu não gosto de spoilers, e não encontro tão fácil blogs com resenhas sem (se o seu não possui spoilers, me avise!). Normalmente eu dou uma olhada por cima antes de ler, e procuro reler com calma as resenhas depois.

:)

sábado, 20 de setembro de 2014

Comprinhas + presentes: Chás!

Obs.¹: Desculpem-me pelas fotos (tiradas literalmente na cama), pois, pela milésima vez, vocês sabem que eu não andava bem, né?!
Obs.²: Ainda bem que eu resolvi voltar a falar de chás pois, ou eu só tinha feito rascunho e dos posts e deletei sem querer ou o Blogger sumiu com eles, pois não encontrei vários de chá que tinha certeza de que já tinha escrito (percebi a mesma coisa com posts de livros!).
Mas vamos às últimas comprinhas/presentes de chás:

Em um passeio com meu marido mais lindo e meus pais, ganhei do marido os must have, os que não posso ficar sem (faltou o verde puro e o branco puro, mas não tinha):

 
  1. Twinings Origins - Indian Chai - eu ia dizer que é o meu favorito Twinings Origins, pois achava que tinha experimentado todos. Aí vi que não provei ainda o Ceylon Orange Pekoe, o Assam Bold, o China Oolong (e AMO oolong!), o African Rooibos (e AMO rooibos!),... enfim, preciso passar um tempo no Reino Unido com a Lily!
  2. Chá verde com menta, da Twinings - pois sem chá verde eu não "funciono"!;
  3. Limão e gengibre, da Twinings - hummmmm... gengibre!;
  4. Rooibos Tea, da Royal T-Stick - o melhor Rooibos que já tomei!

No último fim-de-semana, visitamos meus pais e ganhei:

 
*o Guido só gosta de Ferrari!*



  1. Chá verde, da Twinings*presente da mamãe*
  2. True blueberry, da Celestial Seasonings *presente da mamãe* - Celestial é muito amor!

*sempre imaginei a Lisa Simpson como uma apreciadora de chás*


  1. Basilur Ceylon Black Tea - Masala Chai - *presente do marido!*
  2. Basilur Four Seasons: Exclusive Black Tea - Summer Tea - *presente da mamãe*

Sou completamente louca pelas latas da Basilur, não apenas por serem maravilhosas (tenho uma que é uma caixinha de música!), mas pela qualidade dos chás! Eu ainda terei TODAS! *depois faço um post com as que tenho!*

Infelizmente estas fotos não mostraram como são lindos os detalhes das latas. Os desenhos são em relevo e a do Masala Chai é toda detalhada em dourado e cobre!

E, durante a visita, encontrei este chá (Chá Verde de Hortelã e Frutas Cítricas Sentir Bem) no armário, ainda lacrado, e eles me deram!:

Eu irei avaliar cada um depois, com calma! Tenho percebido que meus chás têm acabado cada vez mais rápido e, embora eu tenha latas de chás orientais, não paro de comprar chá verde e branco da Twinings... ;) 
*Twinings, me patrocina!*
Qual o chá favorito de vocês?
:)

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

TAG: 100 Perguntas que Ninguém Pergunta #02

Vi esta tag no blog Parada Chic, porém em vídeo. Para não ficar tão cansativo, a dividi em cinco partes:


 photo to_be_a_woman_by_re3oid-d3d7itx_zps4c26c405.jpg
Créditos da imagem: To Be a Woman, by Re3oid.

21. Qual é o filme que você menos gosta?

Comédias estilo American Pie, ou com o foco em piadas sobre maconha e de gosto duvidoso, como vários com o ator Zach Galifianakis e do Seth Rogen.

22. Onde você enterraria um tesouro escondido, se você teve algum?

Nós adorávamos brincar de caça ao tesouro na chácara do meu avô, escondíamos os tesouros nos lugares mais loucos. Mas, se eu tivesse um "tesouro" real, nunca revelaria o local, não é óbvio?! ;)

23. O que você bebe com o jantar?

Água. É muito raro eu tomar um suco natural (fresco e sem adoçar), mas às vezes eu tomo chá - principalmente verde ou branco - junto quando estou com dor ou doente. É meio estranho, eu sei. Normalmente eu tomo um copo de água antes e um depois.

24. Em quê você mergulharia um nugget de frango?

Maionese light, sempre. Aliás, só consigo comer um específico (de uma marca específica) e somente com maionese light. Não consigo comê-lo sem maionese light (também de uma marca específica).

25. Qual é a sua comida favorita?

Vale água, chá ou mel?

Eu sou a pessoa mais fresca que conheço pra comida. Eu como pouquíssimas coisas e enjoo rápido de cada uma delas, então acredito que não tenha uma favorita.

26. Quais filmes você poderia assistir várias vezes e continuar amando?

Todas as animações da Disney (isto inclui Disney/Pixar), Cantando na Chuva, E o Vento Levou..., Bonequinha de Luxo e talvez qualquer um do Alfred Hitchcock.

Mas eu sou do tipo de pessoa que assiste a um mesmo filme várias e várias vezes sem enjoar. Às vezes no mesmo dia!

27. Última pessoa que você beijou/beijou você?

Meu marido. 

28. Alguma vez você já foi escoteiro(a)?

Não, mas acharia divertido!

29. Você posaria nua em uma revista?

Não.

30. Quando foi a última vez que você escreveu uma carta para alguém no papel?

Talvez tenha escrito depois disso, mas com quinze anos eu tinha uma amiga muito querida, que morava em outra cidade - e depois mudou de estado -, e trocávamos cartas. *Bárbara, eu quero te reencontrar, sua linda!* Amo cartas, adoraria ter um correspondente.

31. Você pode trocar o óleo de um carro?

Provavelmente sim, mas espero que isto nunca seja posto à prova.

32. Já obteve uma multa?

Não!

33. Alguma vez ficou sem gasolina?

Não.

34. Tipo favorito de sanduíche?

Misto-quente e queijo-quente. Ok, talvez seja os únicos que eu coma - fresca com comida, lembram-se?!

35. A melhor coisa para comer no café da manhã?

Sempre um ou dois copos de água gelada ao acordar. Depois, chá preto, e talvez panquecas. Ou waffles. Normalmente eu começo o dia com água gelada enquanto faço o chá e só depois de um tempo penso em algo para comer. *eu preciso voltar a fazer mais panquecas!*

36. Qual é a sua hora de dormir?

Por volta das 23h, mas eu já sofro de insônia e, se estiver com dor, aí que não durmo mesmo!

37. Você é preguiçoso(a)?

Em alguns momentos. Minha cabeça não pára nunca (aiai, ansiedade e insônia!), mas meu corpo muitas vezes não colabora (aiai, dor e remédios!).

38. Quando você era criança, o que você vestia para o Dia das Bruxas/Carnaval/etc.?

Não lembro se alguma vez já me fantasiei em alguma data comemorativa. Em festivais da escola já fui mágica (e as outras alunas eram coelhinhas!), já fui a Julieta Monicapuleto, uma borboleta, etc. Ah, e me vestia nas festas juninas e julinas de escola.

39. Qual é o seu signo astrológico chinês?

Eu não me interesso, mas joguei no Google.

No Terra e no Horóscopo Virtual diz que sou Rato (Shu), e acho que já tinha visto em outro lugar, durante a adolescência. Porém, pouquíssimas características batem (esportista? extrovertida?). O que eu achei curioso foi o número da sorte (já disse que não acredito em sorte, mas eu tenho uma certa mania com ele), minha flor ser orquídea - embora minha favorita seja a rosa branca, eu cresci em meio a orquídeas (avô orquidófilo, lembram?!) -, e:

"SAÚDE: predisposição para doenças na cabeça e nas faces, para inflamações e para febres em geral."


40. Quantos idiomas você fala?

Falar é um problema, pois eu raramente tenho a oportunidade de praticar. Eu entendo muito bem (sem falsa modéstia aqui) o inglês, leio muito, escrevo razoavelmente creio eu, e tenho um ouvido ótimo. Mas morro de vergonha de minha pronúncia. Fazer o quê, é falta de prática. Acho que preciso viajar mais! :P *alguém me leve pra Orlando AGORA!*


Por enquanto é isso! Algumas perguntas são interessantes e curiosas, outras achei de gosto duvidoso e/ou desinteressantes. Porém, tentarei responder tudo! No blog Parada Chic tem a lista com todas, e o vídeo, confiram!

:)

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Li: O Pentagrama, de Vitor Mendes {Parceria}

Você acredita em magia?

 photo cover_front_big_zps4e4bf663.jpg 

O Pentagrama

Data de publicação: 22 de Agosto/2014
Páginas: 280
Formato: Impresso
Gênero: Romance, Terror, Investigação, Ficção
Editora: Clube de Autores


Mistério, amor adolescente, assassinatos e um possível serial killer, ocultismo, intrigas, triângulos amorosos... são algumas das coisas que você pode esperar desta obra!

Eu me surpreendi com este livro! 

Somente pelas poucas comunicações com o autor, já sabia que seria bem escrito, e realmente é.

São abordados tantos assuntos diversos de uma maneira tão clara e envolvente, e é fantástico como tudo se encaixa como um bom quebra-cabeça. Tudo tem um porquê.

Vocês sabem que contar o enredo e dar spoiler não é meu estilo, e isto não mudará. Prefiro contar minhas impressões e sentimentos acerca da obra.

Adorei a maneira como os personagens são construídos, e eu queria ter sido uma Sarah na adolescência, aiai. *principalmente ter continuado a dançar!*

Em livros young adult ou infanto-juvenis eu amo ver o amadurecimento dos personagens conforme a trama se desenrola, o que definitivamente ocorre neste caso. Cada um tem sua própria personalidade, suas inseguranças, suas qualidades e, especialmente, seus defeitos, o que enriquece a obra e os deixa verossímeis e mais fácil de nos identificarmos. Nenhuma pessoa é perfeita ou está isenta de inseguranças e de dúvidas acerca de seus próprios objetivos e sentimentos.

Como ocorre com todos os adolescentes, há indecisões, questionamentos sobre quem eles realmente são e o que querem, erros cometidos por impulso, arrependimentos, reflexões, melancolia e, é claro, hormônios à flor da pele!

E não poderia deixar de mencionar o suspense e mistério que, além de funcionar como forte elemento causador de vários questionamento e do amadurecimento dos jovens, é o que nos envolve e fascina.

Ainda mais quando o suspense envolve magia, ocultismo... um serial killer?! um serial killer entre os próprios personagens?! em quem confiar?! OMG!!!

Eu, como adoradora de terror, suspenses e bons livros policiais, não pude deixar de me empolgar!

O Vitor é mais novo do que eu, e de forma alguma interfere na maneira como eu encaro sua escrita. Minto, se de alguma maneira interfira, talvez seja em minha crença de que ele ainda terá muito a nos oferecer como autor, pois seu talento é indiscutível.

Independente de parceria, procurarei acompanhar sua carreira de perto, e tenho certeza de que esta será imensamente frutífera e bem sucedida.

Portanto, Vitor, o que eu tenho a lhe dizer, se permite que uma licenciada em Letras (que ainda tem um coração de professora batendo no peito) tenha esta liberdade, é que continue. Nunca pare, e nunca duvide de seu talento. É revigorante ver novos autores nacionais demonstrando perseverança e capacidade.

E agora, para não parecer tão tiazona, falando como uma leitora que tem praticamente a sua idade (cof, cof!), espero que logo venham novos projetos e livros para nos entreter e, principalmente, reconhecimento, pois você merece! *não vejo a hora de ler o próximo!!!* Ah, e que a oportunidade de te encontrar pessoalmente não esteja distante!

Book Trailer:

:)

P.S.: Vitor Mendes foi o segundo parceiro do blog, e até agora eu não poderia estar mais feliz com esta parceria! Quer ser meu parceiro também? Entre em contato aqui!

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Desafio das 250 Músicas #07

 photo music_by_dante_mk_zps7a94e082.jpg
Créditos da imagem: music, by dante-mk.
Eu encontrei este desafio musical no blog Starships and Queens, da Ana L. Alves, que por sua vez pegou no Champagne Supernova. Pelo que eu vi, cada pessoa está com um método diferente para responder as 250 perguntas (lista completa aqui), e eu farei da seguinte maneira - cinco questões respondidas por semana, em um único post na segunda-feira. A Garota no Hall também já fez este desafio! Confira aqui.

31 - Uma música com título complicado: Bibbidi-Bobbidi-Boo, de Mack David, Jerry Livingston e Al Hoffman, interpretada por Verna Felton e coro:


32 - Uma música que você considera longa: *não de um jeito ruim, pelo contrário!* High Hopes, de David Gilmour e Polly Samson, interpretada por Pink Floyd (duração - 7:57):


33 - Uma música que você considera clássica: *tentei fugir de músicas literalmente clássicas e escolhi um clássico do rock, meu terceiro - ok, talvez quarto - gênero musical favorito* Smoke On The Water, de Deep Purple:


34 - Uma música que te faz sorrir: Pick Yourself Up, de Jerome Kern e Dorothy Fields, interpretada por Diana Krall:


35 - Uma música que faz criticas: Used to Get High, de John Butler Trio:


:)

P.S.: Este e o anterior foram postados com um dia de atraso pois estou doentinha!

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Ganhei!

Pela primeira vez eu ganhei um sorteio no Skoob! Yay!  photo rainbowSHEEP.gif

Obrigada, Skoob e Novo Conceito!

Chegou hoje o Se eu ficar, de Gayle Forman:

 photo e_zps0787448a.jpg 
*Hum, qual será meu smurf favorito?!*

Ah, e obrigada, Maria Valéria, por ter me avisado! *a lerda aqui nem sabia que tinha ganho!*

Se eu ficar
Gayle Forman
tradução: Amanda Moura
Editora Novo Conceito
ISBN: 9788581635415
Ano: 2014
Edição: 1
Número de páginas: 224


E também chegou hoje um presente do marido mais lindo do mundo:

 photo f_zps1d79b08d.jpg
*fora de foco mas estou com dor, então...*

The Sims 3 - Katy Perry - Mundo Doce

Não sou fã da Katy Perry (nada contra - duh! -, e até assisti ao documentário Part of Me - e amo seus perfumes!), mas estava louca pra colocar coisas fofas assim no The Sims 3.

E eu sei que todo mundo está falando do lançamento do 4, mas eu adoro jogar o primeiro, o 2 e o 3, então irei curti-los mais um pouquinho antes de pensar em adquirir mais um. E ainda faltam algumas do terceiro pra mim, quero todas antes!

:)