quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

2013!

 

Este é o primeiro ano em que eu nem parei para pensar em metas. Eu sinto como se, desde março de 2012 até agora, eu não tivesse tido cinco minutos pra relaxar. Foram tantas coisas ao mesmo tempo, e estão acontecendo tantas coisas agora, que eu não consegui parar e pensar em minha vida.

Eu terminei meu estágio, o curso de Direito (cinco anos sem reprovar em nenhuma matéria - yay! *like a boss*), minha pós-graduação... e FIZ e APRESENTEI duas monografias, com duas semanas de diferença entre as apresentações (nota máxima em ambas, yay!). Realmente não tive tempo de processar - ou comemorar! - tudo isso ainda!

Então, antes de começar a pensar "e agora, o que eu faço da vida?", irei fazer um balanço de minhas Doze Metas para 2012!

Doze metas para 2012: 



1. Pegar leve na Starbucks;

Esta funcionou no começo. Eu realmente parei de ir à Starbucks por MESES, e depois passei a tomar apenas o Iced Shaken Lemon Tea, com chá verde (ou seja, chá verde com suco de limão). Porém, quanto mais ansiosa e estressada eu ficava, maior minhas bebidas - e coisas pra comer - ficavam, até que meu antigo hábito não apenas voltou, como inclui novas coisas! Porém acredito que tenha valido a pena ficar esses poucos meses sem abusar, de qualquer forma.

2. Exercícios nerds;

Infelizmente eu só consegui me exercitar com o Wii durante os períodos de férias, que era o único momento em que eu não me sentia TÃO culpada por ligá-lo ao invés de estudar! Mas comprei novos jogos para me exercitar, e estou com mais pique agora!

3. Diminuir a Coca-Cola;

Eu não apenas diminuí como cortei inteiramente o refrigerante de minha vida! Como resultado, a minha Mii (avatar do Wii) ficou magrinha rapidamente, e o Wii Fit Plus até me aconselhou a engordar! 
Completei um pouco mais de um ano sem, e não pretendo voltar a tomar! A única desvantagem é ir a lugares em que só tem bebidas alcoólicas ou refrigerante quando você não quer - ou no meu caso não poder, devido aos remédios - beber. 
Aliás, diminui bebidas alcoólicas para quase zero também (mesmo quando posso beber!).

4. Controlar meus gastos;

Não consegui, nem um pouco. Principalmente por causa de livros de Direito. :-(

5. Cuidar melhor da minha saúde;

Este ano não apenas a nevralgia do trigêmeo praticamente não me deu trégua, mas somou-se isso com a pós, estágio, final de faculdade e tudo mais, e eu passei a ter problemas de ansiedade e insônia.
Então foi um dos anos mais difíceis da minha vida...
Porém, no final do ano, encontrei um novo neurologista e minhas dores melhoraram MUITO! Eu consigo ler, ficar acordada até tarde, sair à noite... É claro que às vezes eu tenho uma recaída, mas estou muito feliz!
Tomo meus remédios religiosamente e várias pessoas dizem que eu pareço outra Patrícia! Yay!

6. Fazer resenha de todas as minhas leituras;

Eu nem cheguei perto disso. Acho que tudo o que eu descrevi acima justifica um pouco, embora eu tenha ficado triste. Quem sabe esse ano?

7. Renovar meu guarda roupa;

Durante o ano eu não me preocupei muito com isso (de novo, olhe os motivos acima). Eu comprava uma ou outra peça realmente bonita, clássica e de qualidade. Porém, no final do ano fiz várias compras interessantes, que me deixaram feliz!

8. Treinar meu inglês;

Isso continuou na mesma. Converso com americanos pela internet, li talvez um ou dois livros - e várias coisas para as monografias -, mas não foi algo em que realmente dediquei algum tempo.

9. Ler mais;

 Outra coisa que não deu certo, e me deixou muito, muito triste. A não ser que livros pras monografias contem... :-(

10. Dar uma chance a novas amizades;

Sim! Eu conheci minha nova irmã japinha, a Renata! Ela me faz realmente feliz, e foi um dos pontos altos de 2012! 
E comecei a conversar com colegas de classe, conhecê-los melhor e, para a minha surpresa, encontrei pessoas muito especiais!
Fora isso eu criei um pouquinho mais de coragem de conversar com desconhecidos (incluindo em shows de rock!), embora eu continue tímida como sempre.

11. Estudar mais;

Embora não tenha sido como eu queria, eu melhorei notas, fui super bem nas monografias... então valeu a pena! :-)

12. Distanciar-me de más influências e más companhias.

Por VÁRIOS meses eu me distanciei de várias pessoas. Isso foi bom, especialmente durante épocas mais estressantes. Ao mesmo tempo, nas últimas semanas ando mais paciente e me colocando no lugar dos outros. Vamos ver no que vai dar...


:)

Um comentário:

HGR disse...

Muito legal seu balanço Patty, e fiquei feliz em ler sobre cortar o refrigerante, estou nessa também, hoje, tomo no máximo 2 copos por semana. (quando vou na minha mãe)
Que esse ano seja maravilhoso em todos os aspectos!
Um super beijo!