segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

24 livros em 12 meses: Resenha #01

O Cavalo e seu Menino, de C.S. Lewis.



Leitura concluída em 31/01/2011.


Como não foram mais aceitas inscrições para o desafio, não pude participar oficialmente. Mas não me impedirá de fazer desta proposta, um desafio pessoal pra mim. :)

É o terceiro livro da série As Crônicas de Nárnia que leio.

Sou apaixonada pelas narrações de Lewis. Como sempre, muitos temas cristãos são abordados, assim como poderíamos fazer discretas comparações com temas de mitologia grega.

Porém, não deixe a temática ser uma barreira para a leitura. Embora você a perceba, é possível encarar a série como apenas livros infanto-juvenis de qualidade.

Uma das coisas que mais gosto é da ambientação e descrição de Lewis, que tornam palpáveis as diferenças entre Nárnia e outros países e terras de seu universo. Nárnia é sempre fresca, verde, suave e acolhedora, com grandes colinas e ambientes abertos. As personagens sabem quando estão em solo narniano simplesmente ao pisar em suas terras, como uma linha divisória invisível. Os ares mudam, e percebemos isso em cada palavra, em cada adjetivo.

Nárnia transmite conforto e esperança. Seus habitantes sentem que estão sempre resguardados por Aslam, o Leão, embora quase nunca tenham a oportunidade de vê-lo e ouví-lo. Ao mesmo tempo, têm plena consciência de que algumas tragédias são necessárias e precisam ser vencidas e superadas. Nada se consegue sem esforço, luta e algumas lágrimas. E, é claro, a fé de que é sempre possível conquistar algo melhor.

Como Shasta, o pequeno menino protagonista, desconhece Nárnia e suas lendas, histórias e costumes, durante toda a narrativa acompanhamos seu aprendizado, descobrimos suas terras através dos olhos curiosos do garoto. Apresentar um universo novo através de personagens que também o conhecem pela primeira vez é sempre um excelente artifício nas mãos de grandes escritores.

Neste livro em especial, os irmãos protagonistas da série, agora realeza de Nárnia, são meros coadjuvantes. Grandes coadjuvantes, agora graciosos e sábios, lembrando o que é realmente importante.

O maior foco da obra é a descoberta pessoal dos personagens. Quem eles realmente são, o que querem e, até, quais os seus destinos. Cada um passa pelo processo de evolução e crescimento, amadurecendo, descobrindo e percebendo o que já fazia parte deles desde sempre.

Um excelente livro, tão bom quanto os primeiros.
Recomendo a todos!

:)

Um comentário:

Nanda disse...

Faz anos que eu to loca pra ler este livro >.<
mas nunca consigo \bua
quando as aulas volatrem vou na biblioteca pegar ele XD